quinta-feira, 19 de março de 2009

Começar de novo !

Recomeçando um BLOG, porque simmm, eu já tentei fazer outros mas acabei abandonando-os


É, na vida começamos e recomeçamos todos os dias, a cada manhã, e assim eu me sinto agora...
Mas esse é diferente e sabem porque? Por que esse tem sabor de desafio, e de um desafio que a tempos eu deveria ter proposto a mim mesma e que talvez por comodismo ainda não havia feito.




Aqui eu irei registrar opiniões, falar do meu dia a dia de maneira é claro a preservar minha intimidade; não é um diário de fatos sobre a minha pessoa e sim de impressões pessoais, de conclusões, sabe quando a gente viaja em pensamentos e acabamos esquecendo o que pensamos? Então, quero registrar isso aqui.



Mas voltando a falar do desafio é o seguinte, vou explicar:



Eu estou em processo de REEDUCAÇÃO ALIMENTAR e isso é muito importante pra mim nesse momento da minha vida, porque é justamente essa RA que eu venho adiado por longos e gordos anos.



Nasci magra, magrela mesmo, acho q até subnutrida se bobear, rsrs, e passei minha infância inteira bem magrinha, vou ver se consigo depois scannear umas fotos e colocar aqui, era até feio assim dizia minha mãe que quando colocava vestido em mim eu ficava com os "cambitinhos" aparecendo..rs, e então eu cresci uma adolescente magérrima tb, tanto que eu nem sabia meu peso. Se vc me perguntar quanto eu pesava com 13, 14 anos, eu não vou saber te falar,porque eu nunca me atentei a esse aspecto, eu não tinha problemas com a balança.



Comecei a engordar por volta dos 16 anos e aos 18 tive minha primeira filha, fui precoce, eu sei...rs, e então eu fui pra 89 Kg e estacionei aí mesmo depois dela nascer. Com o passar dos anos mantive esse peso que já era um problema pra mim e resolvi tomar remédios, ou melhor, uma bombaaaaaaaaa venenosa isso sim, que me deixava a base de cigarro, café e coca cola o dia todo e eu nem sentia fome, e olha que eu trabalhava e fazia faculdade de noite e mesmo assim achava que tava arrasando com aquela dieta maluca e irresponsável, na verdade acho q o médico era tão irresponsável quanto eu naquele momento, por que hoje com conhecimentos de psicofarmaco que obtive na faculdade tenho a clara noção do que aquelas substâncias provocavam no meu sistema nervoso central, ou seja no meu cérebro. Eles ativam a área da saciedade e desativam a área da fome e assim vc fica sem comer o dia inteiro e também sem se nutrir, ou seja, é um contra senso que eu praticava achando o máximo, a melhor descoberta na face da terra afinal: "uau, isso me faz até ter nojo de comida", - mas que tolice...Perdi muitos kilos, cheguei a pesar 68 Kg ( que é minha meta atual aliás ) e em compensação os encontrei, todos eles, um por um, e como eles apareceram rápido, foi só eu parar de tomar a "bomba" que tudo voltou a ser como antes. Daí então fiquei grávida da minha segunda filha e fui parar na casinha da centena... rs, 104.0 Kg e uma diabetes gestacional de brinde. Desde aí eu não consigo emagrecer e posso dizer que tomei novamente as mesmas "bombas" de antes, mas eu ficava tão estressada, tão neurótica, tão outra pessoa que não era eu sabe; queria limpar a casa inteira, não dormia, ficava na paranóia de remédio...dá-se a isso tudo aí o nome de "efeitos colaterais". Pois é, e a mais de três anos que eu não tomo nadam nadinha, estou limpa de remédios porque pra mim eles funcionam como verdadeiras drogas, tão perigosas quanto as ilícitas, por que te deixam doidam descontrolada, desnutrida, com falsa e passageira sensação de euforia...tudo mentira, NÃO TOMEM REMÉDIOS, eu sou contra.



Hj em dia eu tenho várias complicações da obesidade, assim como: diabetes tipo 2, dores nas costas, nos joelhos, já operei a vesícula ( lê-se cálculos biliares ) por excesso de gordura, estou com esteatose que é excesso de gordura também só que no fígado e assim, não me sinto nada bem com isso, com essa realidade, com essa condição que me foi imposta por mim. Sim, por que eu me prejudiquei, me negligenciei...mas hoje eu entendo que fui compulsiva, que ainda sou e que preciso dar um fim a isso tudo. Deixar de lado muitas coisas, fazer uma faxina nos meus maus hábitos e ser uma nova pessoa por que eu não sei o que é ser uma muher bonita, sensual, vaidosa, mas ainda dá tempo, tenho 28...e passou a hora já.



Quero chegar aos trinta com força total sabe, com muitos projetos, com planos, com objetivos, metas, sonhos e principalmente uma realização: EU MAGRA, EU SAUDÁVEL, eu pra mim...rs



Obrigada à todos que tiveram a paciência de ler e espero que gostem do meu blog, espero que com o meu futuro sucesso eu possa incentivar muitas pessoas a fazerem o mesmo porque eu sei como é duro ser gordinho, gordo, obeso, seja lá qual palavra for, vamos virar esse jogo, 2009 é ano da virada, tem de ser e será!!!







Abraços Carinhosos !






DICA: Leiam o Blog -> http://aconquista.zip.net/



Conta a história da Beth, uma lutadora que venceu a obesidade e trás postagens fantásticas que nos incentivam e nos mostram que com força de vontade tudo na vida é possível e vale a pena. Beijo pra vc Beth, sou sua fã e discípula !

Um comentário:

etoline disse...

Querida vc é demais te adoro sua cara mesmo,sempre que puder darei uma olhadinha. Beijos te adoruuuuuuuuuuuu
Ariane Motta